França aperta regras para influenciadores que promovem criptografia

Pontos chave:

  • A França lança um “Certificado de Influência Responsável” para influenciadores financeiros.
  • O certificado exige a divulgação de conteúdo patrocinado e promoção responsável.
  • A iniciativa define um precedente global na regulamentação da publicidade criptográfica.
Numa tentativa de aumentar a transparência e a responsabilização no mundo dos influenciadores das redes sociais, as autoridades reguladoras em França, a Autorité des Marchés Financiers (AMF) e a Autorité de Régulation Professionnelle de la Publicité (ARPP) uniram forças para lançamento o “Certificado de Influência Responsável”.
França aperta regras para influenciadores que promovem criptografia

Este certificado visa estabelecer um selo de aprovação para influenciadores de redes sociais, especialmente aqueles ativos nos setores financeiro e criptográfico.

Em vigor a partir de 1 de junho, uma nova lei francesa determina que os influenciadores divulguem conteúdo patrocinado e se abstenham de promover produtos ou serviços prejudiciais ou inadequados aos seus seguidores. Para aderir a este regulamento, os influenciadores devem obter o certificado de Influência Responsável em Publicidade Financeira antes de endossar qualquer produto financeiro.

O processo de certificação envolve um rigoroso teste de múltipla escolha, com os candidatos obrigados a pontuar pelo menos 75%. Os tópicos abordados incluem produtos de investimento como ações, títulos, ETFs, fundos e derivativos, além de serviços como consultoria de investimento.

Além disso, o certificado abrange ativos criptográficos, ativos alternativos como itens colecionáveis ​​e vinho, e títulos emitidos por plataformas de crowdfunding.

O certificado tem validade de um ano, e os influenciadores devem refazer o teste para renová-lo. A ARPP monitora os criadores de conteúdo certificados e pode retirar o certificado caso eles não cumpram as regras de comunicação.

Esta iniciativa estabelece um precedente notável na regulamentação da publicidade na indústria emergente e pode influenciar outras nações.

A Reino Unido já assumiu uma postura rigorosa em relação à publicidade relacionada à criptografia, com o Financeiro Autoridade de Conduta (FCA) fornecendo caminhos legais claros no início deste ano. Os inadimplentes no Reino Unido podem pegar até dois anos de prisão.

A ação da França significa um passo significativo em direção à publicidade responsável nos setores cripto e financeiro, com o objetivo de combater empreendimentos fraudulentos e promover a transparência na esfera do marketing de influenciadores.

AVISO LEGAL: As informações neste site são fornecidas como comentários gerais do mercado e não constituem aconselhamento de investimento. Nós encorajamos você a fazer sua própria pesquisa antes de investir.

França aperta regras para influenciadores que promovem criptografia

Pontos chave:

  • A França lança um “Certificado de Influência Responsável” para influenciadores financeiros.
  • O certificado exige a divulgação de conteúdo patrocinado e promoção responsável.
  • A iniciativa define um precedente global na regulamentação da publicidade criptográfica.
Numa tentativa de aumentar a transparência e a responsabilização no mundo dos influenciadores das redes sociais, as autoridades reguladoras em França, a Autorité des Marchés Financiers (AMF) e a Autorité de Régulation Professionnelle de la Publicité (ARPP) uniram forças para lançamento o “Certificado de Influência Responsável”.
França aperta regras para influenciadores que promovem criptografia

Este certificado visa estabelecer um selo de aprovação para influenciadores de redes sociais, especialmente aqueles ativos nos setores financeiro e criptográfico.

Em vigor a partir de 1 de junho, uma nova lei francesa determina que os influenciadores divulguem conteúdo patrocinado e se abstenham de promover produtos ou serviços prejudiciais ou inadequados aos seus seguidores. Para aderir a este regulamento, os influenciadores devem obter o certificado de Influência Responsável em Publicidade Financeira antes de endossar qualquer produto financeiro.

O processo de certificação envolve um rigoroso teste de múltipla escolha, com os candidatos obrigados a pontuar pelo menos 75%. Os tópicos abordados incluem produtos de investimento como ações, títulos, ETFs, fundos e derivativos, além de serviços como consultoria de investimento.

Além disso, o certificado abrange ativos criptográficos, ativos alternativos como itens colecionáveis ​​e vinho, e títulos emitidos por plataformas de crowdfunding.

O certificado tem validade de um ano, e os influenciadores devem refazer o teste para renová-lo. A ARPP monitora os criadores de conteúdo certificados e pode retirar o certificado caso eles não cumpram as regras de comunicação.

Esta iniciativa estabelece um precedente notável na regulamentação da publicidade na indústria emergente e pode influenciar outras nações.

A Reino Unido já assumiu uma postura rigorosa em relação à publicidade relacionada à criptografia, com o Financeiro Autoridade de Conduta (FCA) fornecendo caminhos legais claros no início deste ano. Os inadimplentes no Reino Unido podem pegar até dois anos de prisão.

A ação da França significa um passo significativo em direção à publicidade responsável nos setores cripto e financeiro, com o objetivo de combater empreendimentos fraudulentos e promover a transparência na esfera do marketing de influenciadores.

AVISO LEGAL: As informações neste site são fornecidas como comentários gerais do mercado e não constituem aconselhamento de investimento. Nós encorajamos você a fazer sua própria pesquisa antes de investir.

Visitado 30 vezes, 1 visita(s) hoje