BingX no Irã ainda oferece suporte para usuários negociarem

Pontos chave:

  • A troca de criptografia BingX permite que os usuários iranianos contornem as sanções com uma versão do site iraniano e autenticação de cartão nacional.
  • O BingX no Irã permite swaps diretos entre o rial iraniano e o Tether (USDT), violando as regulamentações do Tesouro dos EUA.
  • Estas ações sublinham os desafios da regulação da criptomoeda no meio de sanções internacionais.
A bolsa de criptomoedas BingX gerou polêmica ao acomodar usuários no Irã, apesar do país estar sujeito a sanções rigorosas, como relatado by Cointelegraph.
BingX no Irã ainda oferece suporte para usuários negociarem

Leia mais: Críticas do BingX: uma importante troca de criptografia?

BingX no Irã desrespeita sanções

Num movimento ousado, BingXGenericName introduziu uma versão iraniana do seu site e emitiu declarações em persa em seu grupo oficial do Telegram, dando as boas-vindas aos usuários iranianos e oferecendo até autenticação por meio de cartões nacionais.

Além disso, o BingX no Irã permite trocas diretas entre o rial iraniano e Tether (USDT) em sua plataforma, uma prática explicitamente proibida pelo Departamento do Tesouro dos EUA Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) regulamentos.

Respondendo às perguntas em seu canal Discord, um representante do BingX garantiu aos usuários que, desde que as instruções de registro fossem seguidas, não haveria obstáculos para os registrantes iranianos.

O Irão, sob várias sanções desde 1979, foi acusado tanto pelos EUA como pelas Nações Unidas de violar o direito internacional. Estas sanções normalmente restringem o acesso dos residentes iranianos às bolsas de criptomoedas e à participação nos mercados globais.

As ações do BingX desafiam a supervisão da criptomoeda

Apesar destas restrições, o BingX no Irão parece oferecer uma lacuna, facilitando trocas diretas entre o rial iraniano e outros ativos criptográficos, incluindo aqueles normalmente não acessíveis devido a sanções.

A medida do BingX levanta questões sobre a eficácia das sanções internacionais e destaca o cenário em evolução da regulamentação e aplicação das criptomoedas. Resta saber como os reguladores e as autoridades responderão ao apoio aberto do BingX aos utilizadores iranianos no meio das tensões geopolíticas em curso.

BingX no Irã ainda oferece suporte para usuários negociarem

Pontos chave:

  • A troca de criptografia BingX permite que os usuários iranianos contornem as sanções com uma versão do site iraniano e autenticação de cartão nacional.
  • O BingX no Irã permite swaps diretos entre o rial iraniano e o Tether (USDT), violando as regulamentações do Tesouro dos EUA.
  • Estas ações sublinham os desafios da regulação da criptomoeda no meio de sanções internacionais.
A bolsa de criptomoedas BingX gerou polêmica ao acomodar usuários no Irã, apesar do país estar sujeito a sanções rigorosas, como relatado by Cointelegraph.
BingX no Irã ainda oferece suporte para usuários negociarem

Leia mais: Críticas do BingX: uma importante troca de criptografia?

BingX no Irã desrespeita sanções

Num movimento ousado, BingXGenericName introduziu uma versão iraniana do seu site e emitiu declarações em persa em seu grupo oficial do Telegram, dando as boas-vindas aos usuários iranianos e oferecendo até autenticação por meio de cartões nacionais.

Além disso, o BingX no Irã permite trocas diretas entre o rial iraniano e Tether (USDT) em sua plataforma, uma prática explicitamente proibida pelo Departamento do Tesouro dos EUA Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) regulamentos.

Respondendo às perguntas em seu canal Discord, um representante do BingX garantiu aos usuários que, desde que as instruções de registro fossem seguidas, não haveria obstáculos para os registrantes iranianos.

O Irão, sob várias sanções desde 1979, foi acusado tanto pelos EUA como pelas Nações Unidas de violar o direito internacional. Estas sanções normalmente restringem o acesso dos residentes iranianos às bolsas de criptomoedas e à participação nos mercados globais.

As ações do BingX desafiam a supervisão da criptomoeda

Apesar destas restrições, o BingX no Irão parece oferecer uma lacuna, facilitando trocas diretas entre o rial iraniano e outros ativos criptográficos, incluindo aqueles normalmente não acessíveis devido a sanções.

A medida do BingX levanta questões sobre a eficácia das sanções internacionais e destaca o cenário em evolução da regulamentação e aplicação das criptomoedas. Resta saber como os reguladores e as autoridades responderão ao apoio aberto do BingX aos utilizadores iranianos no meio das tensões geopolíticas em curso.

Visitado 246 vezes, 1 visita(s) hoje